ASSINE NOSSA FEED - NÃO ESQUEÇA DE CONFIRMAR O CADASTRO EM SEU EMAIL

Coloque seu email no campo abaixo

Cadastre-se é Gratis

Atenção: Ao se cadastrar, você vai receber uma outra mensagem em seu email indicando o cadastro. Se não fizer isto, não vai conseguir receber nossas atualizações.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Como atrair clientes com vídeos?

By With Nenhum comentário:
Vender na internet não é a tarefa das mais fáceis e atrair clientes é o ponto chave para que possamos ter sucesso em nosso negócio.

O grande problema que enfrentamos quando estamos iniciando no e-commerce, além da falta de clientes, temos problemas com a concorrência que dependendo do nicho que você trabalha pode ser alto.

Hoje vou falar um pouco sobre uma ferramenta poderosa que é o vídeo. 

Muitas pessoas não querem apenas ver as fotos do produto, eles querem ver um vídeo gravado mostrando como funciona ou como ele é;

Uma ideia para atrair clientes é gerar conteúdo. Diversas consumidores procuram na internet informações de como funciona determinado produto antes de comprar.

Você pode fazer um vídeo demonstrativo sobre o produto, informar as características e vantagens, se for um celular, por exemplo, pode ser feita uma reviews mostrando como ele funciona, falando sobre suas especificações e demais informações que possam agregar conteúdo.

Outra benefício é que tem a caixa de comentário onde você pode interagir com seu público, tirando dúvidas ou até mesmo realizando vendas.

Ao criar o título do seu vídeo, coloque-o como uma forma chamativa como"Demonstração da batedeira X"e procure não colocar títulos demonstrando ser uma venda (exemplo: "Compre a Batedeira X"), pois daí a pessoa provavelmente não vá assistir, lembrando que o consumidor busca são informações do produto.

Deixe sempre na descrição do vídeo o link do produto da loja virtual ou Mercado Livre e dados de contato como email Whatsapp, skype, etc.

Qual plataforma usar?

Você pode usar o Youtube ou Video, que são plataformas de vídeos mais conhecidas. O bom do Youtube, é que além do site ser um dos mais populares do mundo, dependendo do número de víews que seus vídeos tiverem, o vendedor pode até pensar em ganhar dinheiro produzindo conteúdo em vídeo.

Gostou deste artigo? Deixe seu comentário!

domingo, 4 de dezembro de 2016

Correios anunciam fim do e-sedex

By With Nenhum comentário:
Os correios anunciaram esta semana que irão fechar o serviço e-sedex a partir de 1º de janeiro. O serviço é considerado a forma mais rápida para entrega de encomendas e com custo de 20% a 30% menor do que o Sedex convencional. Isto pegou vários varejistas de surpresa.

Usado por pequenos e médios sites de varejo, o serviço foi criado a 16 anos utiliza a estrutura de fretes mais comuns. Grandes varejistas utilizam a empresas privadas por terem grandes números de vendas diariamente.

De acordo com o Maurício Salvador, presidente da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a noticia é ruim e quem vai pagar a conta final será o varejista e o consumidor final.

Fontes do mercado apontam que os Correios tomaram esta decisão para se recuperar do prejuízo que a estatal teve nos últimos anos, que devem ultrapassar 2 bilhões de reais este ano.
e-sedex

Segundo a ABComm, o preço do frete representa de 6% a 12% do valor do produto comprado pela internet. Quanto menor for a loja virtual, maior o peso da entrega.

Fonte: http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/economia/20161203/fim-e-sedex-pode-fazer-frete-e-commerce-subir/438620

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Segundo pesquisa, Florianópolis e São Paulo são os melhores municípios para se abrir um negócio

By With Nenhum comentário:
De acordo com pesquisada realizada pelo Índice de Cidades Empreendedoras (ICC), divulgado pela Endeavor, São Paulo e Florianópolis são as melhores cidades para se abrir um negócio.

Segundo o estudo que foi realizado entre 32 cidades, a capital paulista aparece em primeiro lugar com 8493 pontos, seguido de Florianópolis que tem 8324 pontos.

A nota agregada é uma soma da fatores locais divididos em sete pilares: ambiente regulatório, acesso a capital, mercado, infraestrutura, capital humano e cultura empreendedora.

Dentre as cidades pesquisas , no top 10 temos cinco cidades paulistas sendo elas São Paulo, Campinas, São José dos Campos, Sorocaba e Ribeirão Preto.

Na tabela abaixo você confere a lista das cidades que foram analisadas e do lado direitos quantas posições elas ganharam ou caíram em comparação a 2015.

Já o outro lado da tabela mostra as cidades que são piores para se empreender. Em 32º lugar ficou Maceió. São Luís e Campo Grande são outras cidades que também obtiveram notas baixas.

Burocracia

Quando analisamos o quesito burocracia o indice se inverte. São Paulo que era a primeira colocada cai para a 11ª posição, enquanto Uberlândia (MG), Brasília, Joinville (SC), Aracaju (SE) e Cuiabá (MT) são as 5 melhores cidades que não existe tanta burocracia para se abrir uma empresa.

Fonte: https://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/sao-paulo-florianopolis-negocio/

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Qual a melhor forma de pagamento para seu e-commerce?

By With Nenhum comentário:
Ao montar um e-commerce, uma das principais preocupações de muitos empresários é encontrar a melhor forma de pagamento para a loja virtual, afinal a mesma deve demonstrar confiabilidade e segurança para o usuário que possui interesse nos produtos que são ofertados pelo site e pode interferir na decisão final do consumidor.

Confira, abaixo, algumas das melhores formas de pagamento para e-commerce para implementação em sua loja virtual e opte pela melhor opção para seu negócio e para seu cliente.

1. Boleto bancário

O boleto bancário é uma das formas mais fáceis de pagamento para fornecer em seu e-commerce, afinal o mesmo torna-se um método de baixo custo, normalmente cobrando somente R$4 em média para o empresário, além de ser um formato de adquirir o valor integralmente, afinal normalmente este formato de pagamento é disponibilizado para preços à vista, até podendo disponibilizar um percentual de desconto para aqueles que optam por esta possibilidade.

2. Cartão de crédito

O cartão de crédito é um dos métodos mais tradicionais para inclusão no e-commerce, afinal o cliente poderá escolher pela compra à vista, parcelamento, dentre outros métodos, cobrando do dono da loja virtual aproximadamente 4% do valor de compra.

Para oferecer diretamente o pagamento por cartão de crédito, é necessário que haja a instalação de certificados de segurança para que os consumidores possam incluir seus dados sem problemas.
Foto reprodução: http://rolesconectar.com.br
3. Paypal ou Pagseguro

Estas duas plataformas são utilizadas para “terceirizar” serviços de pagamento, disponibilizando sites que possam agir como intermediadores e fornecer plataformas seguras para inserção de dados pessoais e de faturamento.

A praticidade disponibilizada pelo Paypal e Pagseguro é tentadora, mesmo que haja cobranças adicionais pelo fornecimento deste serviço, aproximadamente 2% a mais dos valores que são cobrados, fora os tradicionais de cartão de crédito, método mais utilizado por este meio de gestão de negócios.

4 dicas do que não fazer ao montar um e-commerce

By With Nenhum comentário:
Lojas virtuais estão tornando-se cada vez mais tradicionais na internet e como primeira opção para empresários que desejam reduzir os custos de um comércio físico e investir somente nos métodos online para obtenção de lucro.

É necessário precaver alguns problemas que podem acontecer ao montar um e-commerce e possuir um planejamento correto para que o negócio seja bem sucedido. Confira, abaixo, algumas dicas do que não fazer ao montar um site de comércio virtual.

1. Focar somente em lucro

O lucro é uma consequência do conhecimento de sua marca, assim é imprescindível que, principalmente para lojas virtuais abertas recentemente, haja um trabalho para alavancar a imagem da empresa, permitindo que a mesma ganhe cada vez mais confiabilidade e estabilidade.

As vendas são imprescindíveis, porém focar somente no lucro, esquecendo-se de trabalhar na lembrança de marca, não irá lhe gerar resultados.

2. Não criar conectividade com parceiros e fornecedores

A principal vantagem do meio online é a interação com parceiros e fornecedores que torna-se cada vez mais frequente, permitindo que haja este contato para ganhar cada vez mais apoio para sua loja virtual.

3. Copiar totalmente os concorrentes

O universo virtual está repleto de e-commerces, assim é imprescindível que a sua loja possua algum diferencial para que a mesma possa destacar-se dentre as diversas outras empresas que também fornecem os mesmos tipos de produtos.

Os diferenciais mais apostados são preços baixos, bônus para os compradores, facilidades na aquisição de itens ou até mesmo produtos diferenciados ou até mesmo artesanais que possuam uma característica que remeta à exclusividade.

4. Evite produtos novos

Apostar em novos nichos é necessário, afinal é possível adquirir um público-alvo diferenciado e tornar-se a primeira referência da venda dentro daquele segmento, explorando as possibilidades e verificando quais as características do mercado para conseguir algum espaço.

sábado, 12 de novembro de 2016

4 dicas de como escolher a plataforma do e-commerce

By With Nenhum comentário:
Ao montar um e-commerce, a escolha da plataforma utilizada para hospedagem é um dos fatores que pode impactar diretamente no sucesso da loja online, afinal muitas ofertas são disponibilizadas com diferentes recursos que podem torná-la mais, ou menos, acessível, além de praticidades para a conclusão de compra do usuário interessado.

Confira, abaixo, algumas dicas para escolher a plataforma correta para seu e-commerce.

1. Encontre plataformas confiáveis

No momento de contratar uma plataforma para seu e-commerce, é necessário procurar pelas melhores empresas no segmento, afinal a garantia de permanência e estabilidade é maior, sem que haja incidentes de quedas de conexão do sistema, por exemplo.

Para encontrar plataformas confiáveis, é necessário buscar pelas empresas que possuem mais tradição no segmento, permitindo que tais marcas lhe assegurem uma série de danos e riscos que podem dar-se durante o uso da loja online independente do volume de usuários acessando.

2. Busque clientes atuais da marca

Sondar sobre o funcionamento da plataforma com outros e-commerces pertencentes à marca é uma ótima forma de verificar qual o andamento do sistema, facilidade, segurança, acessibilidade, dentre determinadas outras características importantes para uma loja online.

Pode ser que encontrar tais clientes seja mais fácil em fóruns de discussão, por exemplo, ou no caso de plataformas gratuitas, normalmente, a URL consta com o nome do fornecedor, permitindo acessar o site para observar a navegabilidade.

3. Verifique possíveis reclamações e experiências

Busque sobre comentários positivos e negativos que a empresa fornecedora da plataforma possui na internet, assim será possível ter uma noção sobre as antigas experiências de clientes e adquirir mais confiança no funcionamento do sistema.

4. Viabilidade de expansões

Algumas empresas comercializam plataformas completas de e-commerces para seus interessados, porém algumas outras disponibilizam uma versão pouco mais reduzida com a possibilidade de expansão de recursos, o que pode ser uma ótima dica para empreendedores que desejam começar com negócios menores para a redução de custos e aumentar a capacidade de acordo com o retorno e visitas dos usuários.

Sempre consulte quais são os pacotes diferentes e se há a possibilidade de expandi-los caso seja necessário de acordo com os acessos obtidos diariamente.

sábado, 5 de novembro de 2016

Vantagens do Mercado Envios

By With Nenhum comentário:
O Mercado Envios é um serviço do Mercado Livre que oferece valores com fretes diferenciados para postagens de produtos. O serviço nada mais é do que um contrato entre os Correios e o ML.

Neste artigo irei postar algumas vantagens de se usar o Mercado Envios.

1 - Fretes mais baratos

Fretes mais baratos sem dúvidas é o principal benefício que o Mercado Envios oferece . O custo do PAC e do Sedex convencional é um absurdo, ainda mais quando você vende para fora do seu Estado.

Com o Mercado Envios, o valor do frete é sempre atrativo e tolerável, sendo assim, você consegue realizar mais vendas, pois o cliente na hora da compra sempre compara o valor final do produto (valor do produto + valor do frete).

Há vendedores que vendem por carta registrada, porém se você não consegue vender por carta registrada e tem que usar o PAC e o Sedex, com o ME o valor fica mais acessível e da para competir com quem vende por carta registrada.

2 - Custo do Aviso de Recebimento (AR)

Outro benefício que o Mercado Livre fornece é o custo do Aviso de recebimento. Quando você faz uma venda com o frete convencional, para sua segurança, é necessário enviar um AR junto com a encomenda para caso o cliente receba a mercadoria e faça uma contestação, não tendo a assinatura de quem recebeu você perde a disputa e terá que arcar com o prejuízo.

Ao usar o Mercado Envios e no caso de contestação de compra, o Mercado Livre que vai analisar quem recebeu o produto, não sendo necessário ter o aviso de recebimento.

3 - Não precisa desembolsar dinheiro para pagar o frete

No frete convencional, ao comparecer até a agência, deve-se levar uma quantia em dinheiro para efetuar o pagamento do frete e depois que o cliente receber a mercadoria e qualificá-lo, daí você terá acesso ao valor que foi pago.

No caso do Mercado Envios, basta imprimir a etiqueta, colocar no pacote e ir até a agência, pois o valor do frete já foi pago pelo cliente.

4 - Acesso mais rápido ao dinheiro pago

Na venda convencional, você deve aguardar o prazo de 21 dias para o cliente qualificar a negociação para depois conseguir acesso ao dinheiro pago.

Usando o Mercado Envios, ele é creditado em sua conta 48 horas depois da mercadoria ter sido entregue.

E você conhece mais alguma vantagem do Mercado Envios? Deixe seu comentário!



Posts Populares