x

quarta-feira, 11 de março de 2020

Melhora de logística para e-commerces com self storages

By
Os e-commerces estão crescendo cada vez mais, tanto em número de empresas que estão investindo em lojas virtuais, quanto em quantidade de pedidos que são recebidos todos os dias.

Ainda que as transações sejam facilmente realizadas, uma grande barreira ainda é enfrentada para as vendas online: a logística. Os custos com o envio do produto prejudicam muitas marcas que ainda não encontraram possibilidades mais viáveis para a entrega dos itens aos seus clientes. Segundo pesquisas, foi gasto 12,37%, em média, do faturamento bruto das companhias com custos de logística no Brasil nos últimos três anos.

A logística atual também é má interpretada em questão sustentável, o que é uma preocupação não somente das empresas, mas também dos próprios consumidores.

Uma das soluções que pode ser explorada pelos e-commerces é o investimento em self storages.

O que são self storages?


Os self storages são operações fora do centro de e-commerce, atuando como um apoio logístico alugado para tornarem-se pequenos centros de distribuição, agindo como uma espécie de estoque à parte da empresa.

Basicamente resumem-se em boxes para armazenamento, fazendo parte da área operacional de um negócio, permitindo que as empresas possam garantir maior flexibilidade para que possam aumentar ou reduzir os espaços que são locados de acordo com suas necessidades, garantindo que os e-commerces, que podem não ter lojas físicas ou um espaço muito amplo para a distribuição de seus produtos, possam transferir parte de sua logística para esses espaços reservados. A locação dos self storages torna-se ainda mais comum em períodos sazonais, quando as lojas virtuais apresentam necessidade de um aporte maior de espaço.

Quais as vantagens dos self storages?


- Menor investimento com maior sustentabilidade: A locação de um box para estocagem dos produtos de e-commerces garante não somente maior sustentabilidade com um espaço locado de acordo com a necessidade do negócio, assim como também permite que os proprietários não necessitem realizar longos contratos de aluguel de espaço físico, excluindo a necessidade de fiador e outras burocracias que poderiam causar complicações principalmente para as marcas entrantes no mercado.

- Capilaridade: É possível encontrar diversas self storages disponíveis em diversos pontos das principais cidades e capitais, permitindo que haja uma maior variedade para a escolha dos interessados que desejam locar esse tipo de espaço, além de encontrar o local mais próximo ou viável para a marca.

- Evitar espaço ocioso: Ao adquirir espaços físicos para programar-se para sazonalidades, por exemplo, com a finalização do período de maiores picos de compras, os mesmos ficarão ociosos e serão desperdiçados. É sempre viável pensar na forma mais lucrativa e inteligente para conquistar uma boa logística sem gastos fora do planejamento e necessidades da empresa. Por meio dos self storages, é possível que os contratantes interessados escolham qual a metragem que precisam para a contratação, definindo exatamente o espaço ansiado para realizar a estocagem dos produtos do e-commerce, lembrando que esse espaço pode ser reajustado a qualquer momento, tornando-se bastante flexível.

- Ideal para lojas virtuais: Normalmente e-commerces são abertos sem a possibilidade de ocupar muito espaço para construção de um estoque, permitindo que a locação dos self storages sejam ideais para disponibilizar de espaços à parte das lojas virtuais, além de ser uma forma de manter a organização dos produtos e conquistar maior controle de entrada e saída dos bens que são comercializados online, recorrendo à um box privativo para a expansão do e-commerce.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Dúvidas