x

domingo, 13 de dezembro de 2020

E-commerces devem faturar 32% a mais em 2020

By

Estima-se que com as compras de final de ano, principalmente realizadas pela internet com a incidência do Coronavírus, modificando o hábito do consumidor para a aquisição dos presentes de Natal, impacte com o crescimento de 32% de faturamento em comparação com 2019, considerando o estado de São Paulo.


As expectativas de fechamento do faturamento é de R$29,2 bilhões contabilizados, previsão fornecida pela FecomercioSP, que também concedeu projeções para o avanço de mais 6% para 2021, esperando atingir R$31,1 bilhões.





Os principais produtos que são comprados pelos consumidores atualmente no comércio eletrônico referem-se aos duráveis, tais como eletrônicos e eletrodomésticos de linha branca, estes que devem apresentar um crescimento de 39% em 2020 apenas nesse setor da economia. Possivelmente essa tendência de consumo seja pela necessidade de adaptação dos lares de muitas famílias que encontram-se em quarentena, modificando seus mobiliários, recorrendo à novos equipamentos para trabalhar em casa e reinventando-se para deixar o ambiente mais agradável e propício para a convivência dos familiares em isolamento.


Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Dúvidas