x

quarta-feira, 6 de maio de 2020

Falta de e-commerces estruturados para montadoras de automóveis

By
Diversos setores do mercado sofreram grande impacto com a pandemia do Coronavírus. Um dos mais afetados é o de automóveis, com a jornada do consumidor que era principalmente dada de maneira presencial, impedindo sua continuidade devido à quarentena e fechamento das concessionárias físicas.

Um dos principais motivos para que o mercado automobilístico seja tão afetado pela pandemia é que as montadoras não possuem e-commerces estruturados para atendimento ao público, inviabilizando que os consumidores possam migrar sua forma de compra de uma maneira mais efetiva para o comércio virtual, com diversas ferramentas e mecanismos que são escassos para suprir todas as vantagens de uma compra presencial de um bem com alto valor aquisitivo.

Quais as principais falhas das montadoras em e-commerces?


Um dos principais benefícios que são oferecidos pelas montadoras para a aquisição de automóveis de modo presencial é que os consumidores podem realizar o tradicional test drive antes de efetivamente realizar a compra, verificando o interior de maneira clara, observando suas funcionalidades e diferentes outros detalhes que permitem examinação de modo físico. Por meio dos e-commerces, todas essas vantagens são perdidas. As montadoras sem lojas virtuais bem estruturadas carecem de informações que são valiosas para os consumidores no momento da tomada de decisão.

Sem esses e-commerces estruturados, o mês de abril já apresentou uma queda de 80% na venda de automóveis, com o setor entrando em colapso pela falta de recursos para dar continuidade à venda desses bens. O alto valor de compra também é levado em consideração como um motivo, porém as soluções de financiamentos são recursos bastante buscados pelos consumidores, mesmo com a pandemia.

A intenção de e-commerces mais estruturados para as montadoras é provocar o desejo do consumidor. É permitir que o mesmo encante-se pelo produto, mesmo somente podendo acessá-lo de maneira virtual, visando a diversão e o entretenimento semelhantes à uma compra presencial, com as emoções que são proporcionadas com a exibição dos produtos de modo que assemelhe-se aos mesmos sentidos na aquisição presencial. É necessário inovação e criatividade para a construção desses comércios eletrônicos mais avançados.

Algumas possibilidades que são estudadas e até mesmo colocadas em prática por algumas montadoras é a tecnologia de gamificação, permitindo refletir da melhor maneira possível a realidade em programações diversas para a visualização dos automóveis e até mesmo simulações de benefícios que os mesmos oferecem aos seus clientes.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Dúvidas