quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Dropshipping vale a pena?

By
Dropshipping - Vender produtos importados da China esta cada vez mais comum e muitas pessoas reconhecem que as mercadorias são de boa qualidade e que estão pagando mais barato.

Com isto, já algum tempo no mercado surgiu a modalidade de negócio chamada Dropshipping.

Dropshipping


O Dropshipping funciona da seguinte forma: você efetua uma venda e com o dinheiro recebido você compra a mercadoria com o fornecedor que envia direto para residência de seu cliente.

Este tipo de negócio se tornou comum nos dias atuais e muitas pessoas fazem vendas desta forma. Mas será que o Dropshipping vale a pena?
dropshipping

Neste artigo vou dar a minha opinião a respeito disto.

No Dropshipping você corre muitos riscos. Vou listar abaixo alguns deles:

1 - Prazo de entrega

O prazo de entrega sem dúvida nenhuma é um dos problemas que mais afetam o negócio.

Compras feitas diretos da China, costumam demorar em torno de 30 a 60 dias úteis, dependendo do produto. Já tive casos de produtos que eu comprei que demoraram cerca de 3 meses para chegar ser entregue.

Uma coisa que aprendi no ecommerce é que o cliente tem pressa. Quanto mais rápido a entrega do produto for feita, melhor será a sua avaliação e consequentemente a satisfação do cliente.

Mesmo você informando que o prazo é de 30 a 60 dias, o cliente vai te cobrar uma posição e você não terá como fazer absolutamente nada, a não ser tentar tranquiliza-lo informando que o produto esta a caminho.

Se correr tudo bem e a mercadoria for entregue, é bem provável que este cliente não vai comprar com você novamente devido a demora que o produto levou para ser entregue.

2 - Risco do produto chegar com defeito/quebrado

A mercadoria comprada pode chegar avariada, quebrada ou com defeito e daí o que fazer? Não a como devolver o produto para o fornecedor, desta forma o vendedor terá que arcar com o prejuízo, tendo que devolver os valores para o cliente ou enviando um outro produto para residencia do consumidor.

3 - Problemas de contestações

Se o cliente fez o pagamento utilizando plataformas de pagamentos como Mercado Pago, Bcash, Pagseguro dentre outras, ele poderá abrir uma contestação de compra informando que não recebeu o produto.

Na contestação de compra, a plataforma de pagamento pedirá para você o código de rastreamento da despesa, comprovante de entrega (caso a mercadoria tenha sido entregue) e outras documentações comprobatórias.

Geralmente as plataformas não cobrem Dropshipping, ou seja, o comprador vencerá a disputa, vai receber o dinheiro de volta e o vendedor ficará com o prejuízo.

4 - Taxação na alfandega

O produto pode ser taxado na alfandega chegando no Brasil. Desta forma, o valor ficará muito maior do que o combinado. Mesmo o cliente sabendo dos riscos deste tipo de negócio, ele vai ficar insatisfeito e com certeza não vai mais comprar de você.

A melhor forma de se trabalhar com ecommerce é abrindo um CNPJ como MEI (Microempreendedor individual), ter sua loja virtual e vender produtos a pronta entrega, com estoque.

Deixe seu comentário!

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário



Dúvidas